domingo, outubro 26, 2014

Rio Bonito do Iguaçu:Tota, ex-candidato a Vereador morre em acidente de moto, caminhão arrastou ele por vários metros

Um grave acidente acontecido na madrugada desta sábado (25) na BR 158 próximo ao Campo do Bugre, vitimou fatalmente a pessoa de Antônio Conrado de Souza, 54 anos, conhecido por “Tota”, morador muito conhecido em Rio Bonito do Iguaçu/PR e ex-candidato a vereador pelo município. Conrado conduzia uma moto com placas AMY 2578 de Palotina/PR, quando foi atingido e arrastada por vários metros por um caminhão, que após o acidente, evadiu-se do local. A Polícia Rodoviária Federal atendeu o acidente e após ser acionado a Polícia Civil, o corpo de Conrado foi encaminhado ao IML de Pato Branco.

sábado, outubro 25, 2014

Laranjeiras do Sul:Idosa passa mal em frente a Loja de Materiais de construção e falece

Uma mulher passou mal e morreu nesta sexta-feira (24), em frente a uma Loja de Materiais de Construção  na rua Capitão Félix Fleury no centro de Laranjeiras do Sul. 
De acordo com a atendente, logo que a viram passando mal, chamaram uma ambulância, que logo chegou e ela foi encaminhada ao hospital São José.
A vitíma identificada como Maria Tereza Lopes dos Santos, (65) entrou em óbito, no entanto, a causa da morte é desconhecida. O corpo da vitíma foi encaminhada ao Instituto Médico Legal (IML) de Guarapuava. 
Via RE

Laranjeiras do Sul:Rede Lar sorteou neste sábado um carro zero, confira quem foi o ganhador

A Rede Lar realizou no final da tarde deste sábado, 25, o sorteio do carro zero quilômetro, prêmio principal da campanha em comemoração aos 14 anos da Rede.
Em torno de 250 mil cupons participaram do sorteio, que ainda teve, no decorrer da campanha, prêmios semanais em vale-compras.
O ganhador foi Rosenaldo de Oliveira, do Bairro Cristo Rei, Laranjeiras do Sul.
O sorteio foi coordenado pela Associação Comercial e Empresarial de Laranjeiras do Sul, e transmitido ao vivo pela Rádio Campo Aberto.
O carro, um UP!, será entregue ao ganhador no dia 5 de novembro.
Via RCA

Beto Richa pede voto para Aécio


O futuro do Brasil está em jogo. E a decisão será neste domingo. Estou com Aécio, o político mais competente, preparado, honrado e decente, um gestor público testado e aprovado. Quando governador de Minas Gerais, foi considerado ao longo de oito anos do seu período, o melhor governador do Brasil. Tem no seu sangue o DNA de Tancredo Neves, seu avô, um dos maiores estadistas que este país conheceu. E o Aécio como presidente vai combater de forma implacável a corrupção neste país. Venha você também. Mais do que um voto consciente, eu peço um voto patriótico. O Brasil precisa da gente, sou brasileiro, sou guerreiro, sou Aécio 45. - de Beto Richa (PSDB) em mensagem postada nas redes sociais.

PMDB já avalia sequelas da eleição no partido

Gerson Camarotti
Antes mesmo do fim do segundo turno, caciques do PMDB já reconhecem que essa eleição deixará sequelas para o partido. Nessa eleição, o partido ficou rachado nos estados. E os resultados preliminares mostram que os apoiadores de Dilma dentro do partido enfrentam dificuldades.

No Rio Grande do Norte, o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, tem uma eleição difícil ao governo estadual com a oposição do PT.

No Ceará, a situação é ainda mais dramática: o líder do partido no Senado, Eunício Oliveira, enfrenta um petista neste segundo turno.

No Amazonas, mesmo com o apoio do ex-presidente Lula, o líder do governo, senador Eduardo Braga, enfrenta um cenário adverso.

Em Rondônia, o governador Confúcio Moura, do PMDB do senador Valdir Raupp, corre o risco de não conseguir a reeleição.

No Paraná, Roberto Requião não foi para o segundo turno.

O próprio vice-presidente Michel Temer enfrentou problemas em São Paulo, com a rebeldia de seu candidato ao governo estadual, Paulo Skaf, que se recusou dar palanque para Dilma no primeiro turno.

Entre os apoiadores de Dilma, teve sucesso no primeiro turno o governador eleito Renan Filho (PMDB-AL) e disputa com chance o segundo turno o governador Pezão (PMDB-RJ) e o ex-prefeito Helder Barbalho (PMDB-PA).

Tenho certeza de que no domingo o Brasil vai eleger o senador Aécio Neves presidente, declarou Rossoni

Amigos,
Tenho certeza de que no domingo o Brasil vai eleger o senador Aécio Neves presidente.
O povo brasileiro não vota pela emoção. Vota com o coração e bom senso. Sabe que o país atravessa um momento muito difícil em todos os setores, apesar da propaganda enganosa deste governo que está aí.
Os brasileiros querem sossego para trabalhar e fazer o país prosperar, não acordar todo dia assustado com manchetes de roubo e corrupção no Centro do Poder. Portanto, vai votar em quem pode dar isso – e esse alguém é o Aécio.
Em toda minha vida pública nunca vi tanta baixaria para se desconstruir adversário como a que o PT adotou como tática de campanha. Foi assim no primeiro turno com Marina Silva, que foi ministra de Lula, e agora com Aécio Neves, apelando para supostos casos de uso abusivo de álcool e violência contra mulheres. Isso sem contar que tentaram colocar o senador como defensor dos ricos e contra os pobres, inventando a história de que ele iria acabar com o Bolsa Família, quando na verdade a proposta do tucano é transformar em programa de Estado, ou seja, para sempre.
Dilma Rousseff, que pertence a um partido onde ex-ministro está preso, além de gente do primeiro escalão por causa do Mensalão, e agora há uma devastadora denúncia sobre o dinheiro desviado da Petrobras, usou o último programa do horário político para dizer que a revista Veja fez terrorismo eleitoral ao publicar denúncia do doleiro Alberto Yousseff.  Em depoimento à Polícia Federal, ele disse que Dilma e Lula sabiam das falcatruas que tiraram R$ 10 bilhões dos cofres da empresa estatal. O fato existe, não foi inventado. Se isso é terrorismo eleitoral, o que ela e o ex-presidente fizeram no horário eleitoral é o quê?
O povo brasileiro sabe de tudo isso e não vai se iludir com ataques baixos e mentiras. Sabe, principalmente, que o Brasil precisa de gente séria, honesta no comando do país.
Vamos juntos mudar o Brasil. Vamos de Aécio 45!

Laranjeiras do Sul:Casal briga, amásio ameaça amásia de morte, Gloriosa Policia Militar atendeu a ocorrência

Lesão corporal / Violência domestica

Por volta das 19:00 horas no bairro Palmeiras, foi solicitando a presença da equipe policial, no local a solicitante relatou que nesta data teve um desentendimento com seu amasio, visto que estão em processo de separação,também disse que durante o desentendimento foi ameaçada de morte pelo seu amasio, situação esta que já possibilita a prisão em flagrante delito sendo que a ameaça esta prevista na Lei 11.340/2006 Lei Maria da Penha, também relatou a solicitante que seu amasio ao sair da residência levou consigo um dos filhos do casal.a equipe realizou patrulhamento nas imediações e prováveis locais onde pudessem estar porem sem êxito visto que a solicitante após o acontecido demorou cerca de meia hora para entrar em contato com o 190. A solicitante foi orientada quanto as providências cabíveis.

Sd. QPM 1-0 Michel
Plantão COPOM 2ºCia/16º BPM/4º CRPM

Rosinha já!

A derrota acachapante de Gleisi Hoffmann na disputa pelo governo do Paraná e o seu envolvimento com o escândalo de corrupção na Petrobrás podem resultar na intervenção do diretório nacional no PT do Paraná. 

Parte da corrente Construindo um Novo Brasil (da qual Gleisi faz parte) e as tendências de esquerda do partido ficaram em choque com o péssimo resultado da ex-ministra teve, motivo que, acreditam, teria resultado numa drástica diminuição da bancada de deputados

O nome ventilado nos bastidores das tendências do partido para substituir o atual presidente, Ênio Verri, ligado à Gleisi, é o do deputado federal Dr Rosinha. Pesam a favor do barbudo a coordenação da campanha de Dilma no Paraná (que se saiu melhor que a de Gleisi) e o fato de que a partir do próximo ano estará sem mandato, podendo se dedicar mais ao partido.

Advogado protocola pedido de impeachment de Dilma

Blog do Claudio Tognolli
Na terça-feira, 21 de outubro, foi protocolado junto à Câmara dos Deputados Federais, no Distrito Federal, o pedido de impeachment da presidenta Dilma Rousseff. E também duas outras ações junto ao Tribunal Superior Eleitoral, uma, requerendo o fechamento do Partido dos Trabalhadores (PT) e, outra, o afastamento da candidata do PT à presidência da República, Dilma Rousseff, das Eleições de 2014.

Segundo disse a este blog o autor das petições, o advogado Luís Carlos Crema, as denúncias fundam-se no fato da presidenta da República subordinar e submeter a sua administração, diga-se, a da República Federativa do Brasil, a interesses de entidade e governos estrangeiros, notadamente, à entidade denominada Foro de São Paulo e aos governos de países ditos ‘revolucionários’ da América Latina”.

Ele se explica assim:
“O Foro de São Paulo é uma entidade fundada pelo Partido dos Trabalhadores (PT) em 1990 com objetivos de definir estratégias e diretrizes para os ‘companheiros’ e partidos políticos revolucionários tomarem o poder nos países da América Latina e, passo contínuo, fixar políticas e ações para se manterem e se perpetuarem no poder, mediante atuações diretas nas administrações e políticas internas dos países, a exemplo do Brasil, Venezuela, Bolívia, Equador e Cuba.

É de ser destacar que no Foro de São Paulo, entidade com gestão estratégica direta do PT, houve participação das FARC (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia), organização guerrilheira e tida por alguns países, como terrorista”.

Segundo o advogado, nas ações protocoladas são destacadas as declarações do ex-presidente Lula, de José Dirceu e da presidenta Dilma, que, “além de confirmarem a existência da entidade Foro de São Paulo, esclarecem e declaram as intenções da entidade para tomada do poder no Brasil e nos países da América Latina, quais as estratégias para administrar e se perpetuarem no poder”.

As duas outras ações, estas ajuizadas junto ao Tribunal Superior Eleitoral, fundam-se na violação da Constituição Federal, notadamente ao Estado Democrático de Direito, à Independência da República Federativa do Brasil e aos Direitos Políticos.
A ação do mandado de segurança requer o afastamento/impedimento da candidata do PT, Dilma, de participar das Eleições de 2014, vale dizer, na votação em segundo turno, no próximo dia 26, em face de que, diz a ação, “não preenche os requisitos constitucionais de elegibilidade e por violar os princípios constitucionais da moralidade e da legalidade”.

O pedido de fechamento do Partido dos Trabalhadores (PT), e a denúncia encaminhada ao Tribunal Superior Eleitoral para cancelar o registro do partido e seu estatuto “decorre do fato do mesmo estar, a exemplo da Presidência da República, subordinado e sob influência direta de entidade e governos estrangeiros”, diz o advogado Crema.

Maria Victoria aposta em "experiencia internacional"

A mais jovem deputada eleita, com 22 anos, para assumir uma cadeira na Assembleia Legislativa, Maria Victoria Borghetti Barros (PP), quer contribuir com o Paraná trazendo seu conhecimento adquirido durante o quarto de vida (mais de cinco anos) morando fora do Brasil. A filha do deputado federal Ricardo Barros (PP) e da vice-governador eleita Cida Borghetti (PROS) - sobrinha do ex-prefeito de Maringá Sílvio Silvio Magalhães Barros II (PHS) e neta do também ex-prefeito de Maringá Silvio Magalhães Barros I – estudou na Suíça por cinco anos, fez trabalhos voluntários na África e na China, e adotou a educação como bandeira. 

A jovem deputada estadual fez questão de não usar os nomes da família na urna e na campanha. “Eu usei Maria Victória. Não usei nem Borghetti nem Barros e 70% da população não sabia que eu era filha deles”, garante. A educação em internato europeu e a postura ativista não lhe deram oportunidade de ter um emprego nos 22 anos de vida, mas conseguiu tempo para ser proprietária de uma escola bilíngue em Maringá. “Fui Cross-Training no Hotel Radisson”, pondera.

Maria Victoria tem discurso articulado e postura ofensiva, não deixa pergunta sem resposta. 

Bem Paraná - 
A sua entrada na política foi por recomendação familiar, foi estimulada a sair candidata, por que você resolveu ser deputada estadual tão jovem? 
Maria Victoria - A política está no sangue, de fato, é o que gosto de fazer e o que me motiva a acordar todos os dias de manhã é a questão de servir, ajudar as pessoas. É claro que aprendi isso em casa, desde muito pequena acompanhando o Ricardo Barros, a Cida Borghetti, é uma trajetória política que vem desde o meu avô quando se elegeu a primeira vez vereador em Maringá em 1960. Desde então, a gente vem traçando a “boa política” e é o que o Brasil está precisando. Por isso me dispus a dar continuidade a esse trabalho trazendo inovações, novas ideias, uma visão de mundo diferenciada para poder contribuir sempre, principalmente na linha educacional.

BP - Qual a mudança política a senhora traria, diferente dos seus pais, tio e avô que estão na política há décadas? A sua campanha fala em novas ideias, quais seriam as novas ideias?
Victoria - Pude estudar, graças ao esforço do meu pai, por cinco anos na Suíça. Trabalhei na China por seis meses, fiz serviços comunitários na África por dois meses quando ainda tinha 16 anos – trabalhei nas aldeias. Apesar da pouca idade, tenho uma grande experiência de vida que me foi proporcionada e eu aceitei. Aceitei as oportunidades e fui aprender. Com certeza, essa visão de exatamente como funcionam as linhas educacionais de outros países – inclusive estou retornando do México, onde pude participar de uma conferência sobre a primeira infância em Monterey e onde pude conhecer os Cendis (Centros de Desarrollo Infantil del Frente Popular “Tierra e Libertad”), os centros educacionais de desenvolvimento infantil, e pudemos trazer muitas ideias. Os Cendis já receberam milhares de prêmios internacionais, muito em razão da dedicação que eles têm – educacional, cultural, de princípios, valores, de 0 a 6 anos. Os programas que eles têm incluem pré-natal. Pudemos conversar muito com o doutor Bernardo (Aguilar, coordenador de qualidade dos Cendis, no México), que é quem começou esse trabalho, e faremos o que a gente puder fazer para trazer essa inovação para o Brasil. Assim como dissipei esse evento tem muitos outros que pude vivenciar, na maioria na área educacional, que é a minha área. Tenho uma escola bilíngue que administro em Maringá, faço parte do Sindicato das Escolas Particulares – sou da diretoria do sindicato – e isso tudo foi me dando bagagem para eu contribuir. Esse é o desejo.

BP - Qual projeto você pretende apresentar, já tem alguma coisa pronta para defender no início da Legislatura? 
Victoria - Temos alguns projetos prontos para apresentar de cara, assim que assumirmos. A primeira coisa que tenho vontade de fazer é dar continuidade a uma ideia que tive há dois anos quando sugeri a implementação do inglês nas escolas públicas (municipais) de Maringá, na educação infantil, do primeiro ao quinto ano. O prefeito Roberto Puppin aceitou e o inglês já é realidade em todas as escolas públicas municipais e o Ideb de Maringá aumentou 0,5%, o que é muito significativo. Enquanto deputada estadual, quero fazer a articulação com todos os prefeitos do Paraná para que eles possam implementar em seus municípios e dar essa oportunidade a todas as crianças paranaenses.

BP - Nas escolas públicas estaduais o inglês faz parte do currículo há muitos anos. O problema é a qualidade do ensino. 
Victoria - É parte nas escolas estaduais, estou propondo que as escolas municipais adotem o inglês porque quanto mais cedo, mais fácil de aprender. As crianças, de acordo com estudos das melhores universidades do mundo, quando aprendem duas línguas simultaneamente logo no início têm um desenvolvimento cerebral mais aguçado, é uma criança mais preparada. É para isso que nós vamos trabalhar.

BP - Com relação à representatividade, a senhora herdou muitos votos da sua família... (interrompe)
Victoria - Sem usar o sobrenome deles. Eu usei Maria Victória. Não usei nem Borghetti nem Barros e 70% da população não sabia que eu era filha deles. Nós fizemos um trabalho de reconhecimento, justamente, por ambos terem uma reputação tão positiva, da qual eu me orgulho de fazer parte, ainda 30% ou mais votaram em mim sem o conhecimento de que sou filha deles porque não usei o sobrenome.

BP - Por qual motivo você acha que os eleitores votaram na senhora?
Victoria - Porque essa eleição é de inovação. As pessoas estão procurando novas ideias, estão procurando sangue jovem, as pessoas que, de fato, queiram fazer a diferença. Acredito que eu os convenci com as minhas propostas, com as minhas boas intenções.

BP - Algumas pessoas reclamaram que a senhora não votava em Maringá, mas que pedia muitos votos lá, e existe uma campanha informal para que se vote em candidatos locais, e os eleitores cobram um comprometimento regional. No seu mandato tem esse comprometimento?
Victoria - Sou deputada estadual e obtive votos em quase 90% dos municípios paranaenses. Por isso me credito a ser deputada no Paraná. Tenho família em Maringá, tenho família em Curitiba, mas independente disso sou a deputada do Paraná.

BP - A sua juventude pode ser um problema para debater com deputados mais experientes? 
Victoria - Estou preparada e usarei a sabedoria dos deputados que já estão na Casa para que eu possa contribuir com o meu conhecimento. Tenho certeza que eles também vão se beneficiar com nossas novas ideias e vontade de fazer a diferença.

BP - A senhora disse que trabalhou em outros países, fez trabalhos voluntários, mas já teve algum trabalho remunerado no Brasil, já teve um emprego?
Victoria - Trabalhei no Hotel Radisson em Curitiba, na verdade foi um estágio, um “Cross-Training”, que teve uma remuneração de estagiário e eu assumi a presidência estadual da juventude progressista já há um ano e meio, onde pude realizar vários projetos educacionais na questão do combate ao crack, do conhecimento democrático que está ausente das escolas há alguns anos. Estão (as escolas) formando uma geração sem conhecimento democrático algum e é um dos projetos que vou levar para a Assembleia Legislativa.


Bem Paraná

Aécio promete aumentar horários de pré-escolas e creches

O candidato quer estender licença-maternidade para que mães acompanhem os recém-nascidos no hospital
 O candidato à Presidência da República pela Coligação Muda Brasil, Aécio Neves, reafirmou na quinta-feira (23/10), no Rio de Janeiro (RJ), seu compromisso com iniciativas que beneficiem diretamente a mulher trabalhadora e prometeu ampliar o horário de atendimento das creches e das pré-escolas públicas até às 20h em todo o país. O objetivo, segundo ele, é dar tempo suficiente para que as mães possam pegar seus filhos nesses locais, já que o trânsito das cidades e outras dificuldades de deslocamento atrapalham a vida dessas famílias hoje.
 "[No nosso futuro governo], as creches, que não foram construídas neste governo, serão construídas e ficarão abertas até às 20h. Todas as creches públicas terão seu horário estendido, em razão das modificações claras que existem hoje no cotidiano das famílias", afirmou Aécio em entrevista à imprensa, acrescentando que o mesmo valerá para pré-escola.
 Em seguida, Aécio acrescentou que: "Nós estamos adaptando o funcionamento desses espaços de proteção da criança até um horário mais compatível com a realidade contemporânea das mães e das famílias".
 O candidato explicou que a demanda pela ampliação do horário foi encaminhada por mães de várias partes do Brasil, em especial do Nordeste, e foi incorporado ao programa de governo da coligação.
 Licença-maternidade
 Aécio assumiu também o compromisso de garantir uma lei que amplie a licença-maternidade de mães cujos filhos recém-nascidos ficam internados logo após o nascimento por algum problema de saúde, baixo peso ou outros motivos. Aécio disse que o tempo da licença maternidade começará a contar somente depois que a criança deixar o hospital.
 "Parto de uma experiência pessoal recente que tive, mas também de uma demanda que recebi de varias mães", explicou ele, referindo-se ao fato de seus filhos que nasceram prematuros em junho - Bernardo e Julia - terem ficado internados. "Nós vamos garantir que a licença-maternidade passe a contar apenas a partir do momento em que o filho que tenha tido algum tipo de problema saia da rede hospitalar. Assisti inúmeros casos de mães que perderam seu emprego porque seus filhos ficaram dois, três, em muitos casos, mais meses internados", afirmou o candidato.
 Aécio também reafirmou seu compromisso com a melhora da qualidade de ensino das escolas públicas. "Nós queremos uma escola que valorize, que capacite os professores e que ensine os alunos", disse. Ele reiterou a necessidade de implantar nacionalmente o programa Poupança Jovem, criado durante seu governo em Minas Gerais. A inciativa concede uma bolsa de estudo para que jovens que deixaram a escola retornem aos estudos.
 Combate às drogas
 Questionado sobre suas propostas para combater as drogas em território nacional e tratar os usuários, Aécio explicou que o primeiro passo é exatamente impedir que os entorpecentes entrem tão facilmente no Brasil, sem ação dos países vizinhos para coibir o tráfico.
 "A Bolívia, por exemplo, produz quatro vezes mais folha de coca do que usa para o seu consumo nos seus altiplanos. Isso é uma sinalização clara de que não há ali uma preocupação desses países, talvez até uma vista grossa", disse Aécio.
 Aécio lamentou a falta de investimentos do atual governo na Polícia Federal e em ações que impeçam que as drogas cheguem ao território brasileiro.
 "Controlar as nossas fronteiras, com investimentos na Polícia Federal, que tem o pior orçamento de investimentos dos últimos cinco anos, fortalecer as Forças Armadas, para que elas possam, também profissionalizadas e valorizadas, ser um instrumento parceiro da Polícia Federal no controle das nossas fronteiras", afirmou o candidato.
 No caso do tratamento aos usuários de drogas, Aécio se comprometeu a ampliar experiências dos governos de Minas Gerais e São Paulo. "Nós vamos ampliar Brasil afora as clínicas de recuperação, em parceria não apenas com o setor público, mas em parceria com ONGs, com igrejas, que podem ajudar o Estado a cumprir esse papel que, solitariamente, não cumpre", afirmou.

sexta-feira, outubro 24, 2014

Guarapuava:Alunas do curso de panificação fazem visita técnica a indústria

Depois de 160 horas de aulas teóricas e práticas, as alunas do curso de auxiliar de serviços de panificação, oferecido pela Secretaria de Políticas para as Mulheres e Sesi/Senai, tiveram a oportunidade de conhecer a estrutura da Indústria de Panificação Lopes. Na visita técnica, na última terça (21), o grupo conheceu os equipamentos, procedimentos e setores da fabricação de produtos.
Para as alunas, foi momento de aprender um pouco mais. “Gostei muito de visitar a indústria porque tudo era maior do que eu imaginava. Vi um forno que assa 350 pães de hot dog ao mesmo tempo. É bom entrar em contato com o ambiente de trabalho e conhecer os equipamentos industriais”, opina a aluna Cleide Alves da Rocha. O professor Antonio Carlos Boese destaca que a turma está muito empolgada em ingressar no mercado de trabalho. "Esse momento de interação é importante para o aprendizado das alunas. Elas tiveram a oportunidade para conhecer o interior de uma indústria, com seus maquinários, setores de produção de pães, salgados e confeitaria, o que será um diferencial na hora de uma entrevista de emprego”, afirma.
Secretaria de Comunicação Social - Prefeitura Municipal de Guarapuava

Bagunçando o coreto no Nordeste

O PSDB nacional convocou o vereador curitibano Professor Galdino para dar um rolezinho no Nordeste e ajudar a dizimar o ninho petista nas cidades de Natal e Salvador. Galdino levou a conhecida bicicleta e a placa de neon com o número de Aécio Neves, candidato a presidente contra Dilma Rousseff. Os tucanos acreditam que em apenas seis dias o combo envolvendo simplicidade, economia e tecnologia conseguirá convencer parte do eleitorado nordestino a mudar o voto e bagunçar o coreto para eleição do dia 26 de outubro.

Fernando Tupan

Ibema:Novo asfalto recebe sinalizações horizontal e vertical

Com o objetivo de revitalizar as vias urbanas do município, a administração municipal vem concentrando esforços e investindo recursos na execução de pavimentação asfáltica nas ruas que se encontram em condições precárias, visando melhorar às condições de trafegabilidade da população.
O projeto que está em sua terceira etapa de recapeamento, contemplou todo o prolongamento da Avenida Ney Euirson Napoli, entre as ruas Laranjeiras do Sul e Toledo, localizadas no Bairro Jardim União, com material asfáltico em CBUQ que totalizam 8.796,08 m².
Nesta semana a nova malha viária recebeu os retoques finais, as sinalizações horizontal e vertical.
Segundo o prefeito Antônio Rabel (DEM), o trabalho continua e a meta agora com a execução de outras três etapas previstas para acontecer nos próximos meses, deve receber investimentos na ordem de R$ 1,5 milhão, recursos a fundo perdido em parceria com o Governo Federal para a conclusão de recapeamento e implantação de novos asfaltos concretizando o maior programa de pavimentação asfáltica que o município já presenciou em um único mandato. “Além de melhorar as condições de trafegabilidade para a população, os imóveis também passam a serem melhores avaliados, diz o prefeito”.



Assessoria de Comunicação.

Laranjeiras do Sul:Prefeita Lenita Mierzwa, Presidente da Assiscop divulga nota de esclarecimento referente a denuncia publicada no Olho Aberto Paraná

A Prefeita Lenita do Município de Virmond, atual Presidente da ASSISCOP teve conhecimento de fatos que estão acontecendo em relação a denuncias sobre o transporte de passageiros no ônibus fretado pela ASSISCOP, ônibus este que é EXCLUSIVO para transportar pacientes, a Presidente da Assiscop soube das denuncias através da noticia publicada no Blog Olho Aberto Paraná nesta sexta-feira, dias 24 de outubro.

Preocupada com os fatos e sempre zelando pela Transparência e o bom uso de dinheiro público, vem através deste fazer o seguinte comunicado: ” Convoquei a diretoria da ASSISCOP , o Jurídico para que na segunda-feira dia 27 ( por ter levantado os fatos no final de semana) seja montada uma comissão apurando os fatos afim de apurar a veracidade das denúncia,  e se forem comprovadas as denúncias, os envolvidos serão punidos,  e faremos a ampla divulgação para a imprensa dos resultados apurados.

Lenita Mierzwa 
Presidente da Assiscop

LEIA ABAIXO MATÉRIA RELACIONADA

Laranjeiras do Sul:Denúncia.. ônibus da Bitur pode estar "transportando" passageiros normais.. e não somente pacientes para Curitiba 

http://olhoabertopr.blogspot.com.br/2014/10/laranjeiras-do-suldenuncia-onibus-da.html


"Lula apequena sua biografia com ataques torpes e absurdos", diz Aécio

O candidato à Presidência da República pela Coligação Muda Brasil, Aécio Neves, afirmou na quarta-feira (22/10), em Belo Horizonte (MG), que "ignora" os ataques do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Para ele, a agressividade do petista é "triste para sua biografia".
"Só quem perde com isso é ele [Lula]. [O ex-presidente] apequena sua biografia com ataques torpes e absurdos", acrescentou Aécio, reagindo às comparações feitas por Lula entre tucanos e nazistas. Lula, durante comício no Recife, disse que "parece que estão agredindo a gente como os nazistas agrediam no tempo da Segunda Guerra".
"O Lula não está disputando a eleição, apenas ignoro. Eu lamento apenas que um ex-presidente da República se permita cumprir um papel tão inexpressivo como esse que ele vem cumprindo no final dessa campanha eleitoral", destacou.
Verdades
O candidato afirmou também que reagirá à campanha de mentiras do PT apresentando propostas e verdade. Para ele, os eleitores é que definirão como querem ver o Brasil no futuro - com base em verdades ou na infâmia.
"Deixo que pessoas respondam nas urnas a todas essas infâmias. A minha campanha é a da verdade. A minha campanha é a da responsabilidade. É uma campanha que busca mudar o Brasil para todos os brasileiros", disse Aécio. "Se o Brasil quiser algo novo, algo vigoroso, algo correto, algo respeitoso, a minha candidatura está aí, à disposição de todos."
Aécio afirmou ainda ser vítima de ataques apócrifos em cartazes, jornais e outros materiais de campanha pelo país. "Hoje mesmo são boletins e jornais apócrifos, anônimos, sendo distribuídos em todo o Brasil, exatamente dando a ideia de que nós poderíamos estar indo na direção da diminuição e do fim dos nossos programas sociais ou da privatização de bancos públicos", afirmou ele.
O candidato reiterou seus compromissos em ampliar os programas de transferência de renda, como o Bolsa Família, e o fortalecimento das instituições públicas e valorização dos servidores. "Esta campanha vai ficar marcada na história do Brasil como a campanha da infâmia por parte dos nossos adversários", ressaltou Aécio

Nova Laranjeiras:Artesanato Palha de Milho‏

A fim de orientar os artesãos de Nova Laranjeiras, na produção de belas peças, a Secretaria Municipal de Assistência Social, elaborou o curso de Artesanato em Palha de Milho,16 alunos participaram do curso, que aconteceu em parceria com SENAR PR, nos dias 15 e 16 de outubro. O mesmo ensina as características da palha de milho e como preparar a palha, com corte e tingimento. O aluno aprende a confeccionar bolsas, caixas e baús, cestas e móbile, além de bonecas. Entende como fazer o acabamento e a ornamentação, e, ainda, como calcular o preço das peças.

Palmital:Câmara de Vereadores e o "caso de amor" com a falta de limpeza e conservação

O atual Presidente Paulo Falcão da Câmara Municipal de Palmital , está com sua avaliação abaixo da nota tratando-se de cuidar da casa em que ele governa ....a foto mostra o desleixo do atual presidente , o mato tomando conta da casa de leis . Além de várias denuncias que chegam a redação deste blog ....que a partir de agora iremos apurar e investigar.
Tentamos falar com o atual presidente sobre algumas questões e não obtivemos exito....

Reportagem Hercules folador

Aécio reafirma compromissos sociais e econômicos e o fortalecimento do funcionalismo

O candidato à Presidência da República pela Coligação Muda Brasil, Aécio Neves, reafirmou na quarta-feira (22/10), em Belo Horizonte (MG), seus compromissos de governo. Aécio garantiu que manterá os programas de transferência de renda, fortalecerá o serviço público com a valorização dos funcionários e adotará uma política de reajuste real do salário mínimo até 2019, além de revisar o Fator Previdenciário.
Aécio citou como prioridades a ampliação do Bolsa Família através do programa Família Brasileira. "O meu dever é tranquilizar os beneficiários do [programa] Bolsa Família porque o Bolsa Família não só vai continuar como vai ser ampliado por meio [do programa] Família Brasileira", afirmou ele durante entrevista coletiva à imprensa em Belo Horizonte.
O candidato reiterou que se empenhará para o fortalecimento dos bancos públicos, mencionando o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), a Petrobras, a Eletrobras e os Correios. "Temos que tranquilizar os servidores destas instituições que são patrimônio dos brasileiros que serão fortalecidas no nosso governo. Não permitiremos é que elas sejam aparelhadas por partidos políticos", disse.
Aécio ressaltou ainda que estão entre suas prioridades a revisão do Fator Previdenciário e a prorrogação do reajuste real do salário mínimo para 2019. "E em relação aos aposentados o meu compromisso pessoal de encontrar uma fórmula de rever o Fator Previdenciário", afirmou.
Medidas
O candidato também reiterou sua determinação em adotar medidas para incentivar o crescimento econômico e combater a inflação. "Vou fazer o Brasil voltar a crescer. Vou enfrentar a inflação que a presidente da República tem dito que está sob controle e sabemos que não está", afirmou Aécio, lembrando que o eleitorado tem duas opções - as propostas dele e as do atual governo.
Em seguida, o candidato acrescentou: "São dois caminhos. Dois caminhos muito diferentes que se apresentam hoje. O nosso caminho é o caminho da verdade, é o caminho da retomada do crescimento, do controle da inflação e de um tempo de generosidade no governo federal".
Aécio afirmou que sua candidatura é a "única" capaz de fazer o "Brasil a voltar a crescer e resgatar os investimentos a partir da credibilidade". "Por isso a minha preocupação permanente de falar a respeito de contratos, resgate das agências reguladoras e a minha preocupação de falar de previsibilidade porque os investimentos estão indo embora e os investimentos internos não estão acontecendo", ressaltou ele.
O candidato recomendou analisar os indicadores da Fundação Getúlio Vargas (FGV) que mostram o aumento de desconfiança de empresários e das famílias. O investimento é que gera renda, investimento é que gera emprego", destacou ele.

Assessoria do deputado Artagão Júnior em reunião de trabalho

No gabinete parlamentar, a assessoria do deputado Artagão Júnior se reuniu na quinta-feira (23) para fazer o planejamento das emendas ao Orçamento do Estado de 2015. Também agendaram visitas às secretarias e demais órgãos no intuito de acelerar o trâmite de demandas dos municípios que estão pendentes.
O deputado cumpre agenda em Guarapuava. 

Guarapuava:Virada Cultural Paraná 2014 une estado por meio da cultura e da arte

A terceira edição da Virada Cultural Paraná promete movimentar e unir os paranaenses no mês de novembro por meio da cultura, arte e educação. Oito cidades recebem o Palco Conexões, onde o público poderá conferir gratuitamente atrações locais e nacionais. Guarapuava está entre as oito cidades participantes do evento, que acontece nos dias 15 e 16 de novembro. “Mais uma vez nosso município se une a esse grande evento cultural. A população terá uma intensa programação, principalmente valorizando a cultura local", afirma o prefeito Cesar Silvestri Filho.

“Descentralizar a cultura e valorizar a produção paranaense é um compromisso que assumimos no início desta gestão e que temos conseguido cumprir com bons resultados por contarmos com parceiros que entendem o quanto a cultura tem o poder de unir as pessoas. A Virada Cultural é um bom exemplo dessa união. Mais uma vez o Paraná vai estar conectado a centenas de atrações gratuitas que incluem artistas nacionais e paranaenses de todas as áreas, ampliando o acesso da população a atividades culturais de qualidade”, destaca o secretário de Estado da Cultura, Paulino Viapiana.

A Virada Cultural Paraná 2014 é uma realização do Governo do Paraná, por meio de parceria entre a Secretaria de Estado da Cultura e Detran (Departamento de Trânsito do Estado), e conta com o apoio do Sesc-PR, Sesi-PR, é-Paraná, Sanepar e prefeituras municipais.

Educação no trânsito De 11 a 14 de novembro, assim como em 2013, pedestres, motoristas e ciclistas irão ampliar conhecimentos em busca de uma convivência pacífica nas calçadas, ruas e ciclovias. Dezenas de atividades foram programadas pelas cidades para estimular a reflexão e levantar questões sobre o tema durante a Semana de Arte-Educação.
“Repetiremos a parceria, pois percebemos excelentes resultados ao usar arte e cultura para levar mensagens de educação para o trânsito às pessoas. A experiência do Detran na Virada Cultural foi muito positiva e mostrou que usar diferentes linguagens e formas de expressão para abordar um tema importante pode sim gerar grande impacto. Assim, conseguimos chegar a um grande número de pessoas e trabalhar na mudança do comportamento coletivo”, conta o diretor-geral do Detran, Marcos Traad.
Além das atividades preparadas por cada município, este ano a Semana de Arte-Educação leva a todas as cidades-sede o Teatro de Bonecos Gigantes, que vai apresentar adaptações de clássicos infantis com conceitos de educação no trânsito. O projeto é realizado pela Cia dos Ventos, especializada em ações teatrais com bonecos gigantes.


Programação de Guarapuava (Parque do Lago)

PALCO CONEXÕES - Rua Salvatore Renna

15 de novembro
19h30 -Banda local - Rock
21h -Cida Airam
22h30 -Central Sistema
0h - Moraes Moreira

16 de novembro
17h - Banda local (samba)
18h30 -Trombone de Frutas
20h - Monobloco


PALCO FREQUÊNCIAS - Quadra de Areia

15 de novembro
Das 13 às 19h - Atrações musicais - bandas locais

16 de novembro
Das 14 às 17h - Atrações musicais - bandas locais


PALCO SINTONIA - Arena Usina do Conhecimento

15 de novembro
Das 13 às 17h30 - Atrações musicais e artísticas locais

16 de novembro
Das 14 às 17h - Atrações musicais e artísticas locais


OUTRAS ATRAÇÕES

15 de novembro
9h30 - Caminhada Cultural - distribuição de poesias e paradas com músicas
Parque do Lago - Praça Cleve

Nova Laranjeiras:Administração Municipal e conveniados estão fazendo um poço artesiano na Comunidade do Rio Guarani‏

Os trabalhos de perfuração do poço artesiano que abastecerá a Comunidade do Rio Guarani. Através de convênio com o governo estadual, por intermédio da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos e o Município de Nova Laranjeiras, esta sendo perfurado e, já foi encontrado água de boa qualidade para abastecer as famílias daquela comunidade. 
O valor máximo estimado da perfuração é de R$ 52.286,00 (cinquenta e dois mil, duzentos e oitenta e seis reais), sendo R$ 32.160,00 (trinta e dois mil, cento e vinte e seis reais), de responsabilidade do AGUAS PARANÁ, de acordo como Plano de Trabalho, parte integrante deste Termo e, R$ 20.126,00 (vinte mil, cento e vinte e seis reais) à título de contrapartida estimada do município de Nova Laranjeiras.
 O prefeito Lineu Gomes, esteve acompanhando os trabalhos de perfuração.

"Me deem seu voto e confiança que darei a vocês o maior governo da história desse país", diz Aécio em Belo Horizonte

O som de milhares de vozes bradando, em uníssono, o Hino Nacional e palavras de ordem como "eu acredito!" encheram a Praça da Estação, em Belo Horizonte (MG), na noite de quarta-feira (22/10), durante ato de apoio à candidatura de Aécio Neves, da Coligação Muda Brasil, à Presidência da República. Cercado por apoiadores e pelas bandeiras de todos os Estados brasileiros, Aécio prometeu a seus eleitores realizar "o maior governo da história desse país".
"Minas foi testemunha da minha caminhada, e, portanto, a vocês eu digo, para que o Brasil inteiro nos ouça: no próximo domingo, com a força dos mineiros, serei eleito presidente da República. Serei eleito para honrar Minas, o Brasil, e para mostrar o caminho da verdadeira mudança. Me deem seu voto e sua confiança, que eu darei a vocês o maior governo da história desse país", afirmou.
Aécio destacou que faltam exatos quatro dias para um momento decisivo na história brasileira, onde a população não vai escolher apenas o próximo presidente da República, mas sim em qual país quer viver: "um Brasil honrado, que respeita a sua história e constrói o seu futuro, ou esse país da vergonha, da mentira e das ofensas em que se transformou a campanha da adversária", a petista Dilma Rousseff.
"São pouquíssimos dias que nos separam da libertação do Brasil. Porque, se há trinta anos, o presidente Tancredo [Neves] nos libertou da ditadura, eu vou libertar o Brasil de um governo que se ocupou do Estado nacional em benefício de um pequeno grupo, em detrimento dos interesses maiores da nossa gente. Não venho para dividir, venho para unir esse país em torno de valores como a ética e a honradez, para unir os brasileiros em torno de um só projeto de desenvolvimento e de justiça social", acrescentou.
'Construção do destino'
Ao lado da mãe, Inês Maria, do senador eleito pelo PSDB, Antonio Anastasia, do governador de Minas Gerais, Alberto Pinto Coelho (PP), do prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda (PSB), e de lideranças políticas de todo o país, além do compositor Fernando Brant, do cantor Raimundo Fagner, da dupla sertaneja César Menotti e Fabiano, e dos atores Milton Gonçalves e Cláudia Rodrigues, Aécio agradeceu "do fundo do coração" a presença dos milhares de apoiadores no último ato político de sua campanha.
"Agradeço do fundo do meu coração a presença de cada um de vocês aqui hoje. O Brasil pode mudar, e essa mudança está em nossas mãos. Ninguém viu nessa campanha eleitoral o que eu vi, ninguém sentiu a energia que eu senti. Eu já sou um vitorioso. Mas no domingo, o Brasil será o grande vitorioso", disse, muito aplaudido pela multidão.
Aécio destacou ainda que a história se repete: "Sempre que a dificuldade era grande, o Brasil buscava em Minas um líder para construir a mudança. Foi assim com Juscelino [Kubitschek] há 60 anos. Depois, passados 30 anos, coube a outro mineiro, o meu avô Tancredo Neves, nos conduzir ao reencontro com as liberdades e com a democracia. E quase que como uma construção do destino, outros 30 anos se passaram, e eu estou aqui, com os mesmos valores, a mesma coragem e determinação, para dar ao Brasil um governo que seja de todos os brasileiros", salientou.
As cores do Brasil
O candidato da Coligação Muda Brasil convocou ainda os brasileiros para vestirem as cores da bandeira - verde, azul, e amarelo -, no próximo sábado (25/10), e saírem às ruas para pedir pela verdadeira mudança. Para o senador eleito Antonio Anastasia, o próximo domingo (26/10) trará a Aécio "uma vitória retumbante, para calar a boca dos que insistem em falar baixarias contra os mineiros e os brasileiros".
"Nós não toleraremos isso. A resposta virá forte e firme nas urnas. Aécio será o presidente que vai unir o Brasil. Por isso, tire daqui a energia e força necessárias para lutar, e vamos todos juntos. Muda Brasil!", afirmou o senador eleito.
O ator Milton Gonçalves lembrou que o voto é um gesto de responsabilidade com as gerações que estão por vir. "Hoje, quem está aqui é o Milton cidadão, consciente do seu caminho, daquilo que quer dizer. Para mim, a pessoa mais importante desse país é e será Aécio Neves. Temos a responsabilidade, para com os nossos filhos, de trilhar o melhor caminho", avaliou.
O cantor Fabiano Menotti ressaltou que Aécio é o nome certo para conduzir as mudanças que o Brasil precisa. "Tenho certeza que Aécio não vai nos faltar. Estamos com você", afirmou. "Estamos aqui hoje por acreditar em um Brasil melhor", acrescentou o irmão, César. A atriz Cláudia Rodrigues completou: "Acho bom pensarem em votar certo. Votem 45!".
Chave de ouro
Emocionado com a grande festa de apoio a Aécio Neves, o captador de recursos Nilo Santi, de 42 anos, afirmou que o evento fechou "com chave de ouro" a campanha de Aécio em Minas Gerais. "Fiquei muito emocionado. Eu me lembrei de quando eu era criança, da época de Tancredo, quando tínhamos tanta esperança. Me veio o pensamento de que Aécio veio para completar o trabalho que Tancredo não conseguiu, governar esse Brasil", disse.
Para Santi, o país precisa voltar a ser o que era quando o PSDB estava no governo, no período do ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso. "O que a gente precisa é de uma equipe de competência, que trabalhe com honestidade, correção, para o Brasil voltar a crescer."
Segundo a consultora de marketing Hosana Santi trabalha com Organizações Não Governamentais (ONGs), a sociedade percebe "a realidade e o desejo de mudança de quem está na ponta".
"Falta apoio do governo, políticas públicas voltadas para o social. Apoiamos Aécio pela sua história, pela vida que a gente conhece. Não queremos mais as mentiras pregadas pela Dilma. Queremos um governo que preze pela decência e competência. E para isso acontecer, a gente chora, reza e faz até promessa", afirmou Hosana.
Veja os depoimentos dos apoiadores de Aécio Neves presentes ao comício em Belo Horizonte:
Júlio Baptista, jogador do Cruzeiro
"É grande a expectativa para domingo. Aécio cresceu nas pesquisas e hoje é o candidato mais forte, demonstrando que é o mais preparado para conduzir o Brasil. Apoiamos Aécio porque acreditamos nele e sabemos que é o melhor para o que Brasil avance ainda mais".
César Menotti, músico
"Estamos cheios de expectativa, aliás, anseio por esse momento há alguns anos, e acredito que Aécio é o 'cara' mais preparado para ser o presidente da República e temos a convicção de que tudo vai dar certo".
Fabiano, músico
"Aécio chegou com tudo para o segundo turno e isso mostra a sua força. Moro em Minas Gerais há quase 20 anos, sei quem é Aécio, sua história, do carinho que minha família tem por ele e tenho certeza que vai ser uma grande mudança para o Brasil. Nossa esperança está depositada nele".
Fernando Brant, compositor
"Vamos vencer as eleições e mudar o Brasil, esta é certeza que tenho para o próximo dia 26 de outubro. Aécio é o nosso líder, se preparou para ocupar este cargo, é íntegro, bom administrador, tem visão e é a favor da liberdade, da cultura. Apenas ele irá recolocar o Brasil nos eixos".
Fagner, cantor e compositor
"Sempre fui adotado pelo povo mineiro e me sinto na obrigação de vir aqui para dar meu apoio, abraço e confiança. Estamos com Aécio nas eleições".
Don e Juan, músicos
"Hoje é um dos momentos mais importantes da minha vida. Este momento é histórico para o Brasil, ter a oportunidade de eleger um brasileiro decente. Meu apoio a Aécio é incondicional, e domingo estamos com o coração esperançosos de que todos nós brasileiros vamos viver novos tempos".
Milton Gonçalves, ator
"Aécio é o mais transparente, uma pessoa nova no poder, que traz ideias claras na política, um projeto, carinho, afeto e desejo de servir ao povo brasileiro".
Cláudia Rodrigues, atriz
"O momento é do Aécio, o Brasil precisa dele para as mudanças adequadas, para dar mais decência e acabar com o que está aí. É isso que a gente precisa".
Lelo Zanneti, músico do Skank
"Aécio foi exemplo de gestão em Minas, é bem preparado. Neste momento de escândalos e corrupção, é necessário mudar e sabemos da sua capacidade e sambemos que ele vai propor bons projetos. Precisamos caminhar e olhar para a frente".
Luiz Carlos Miranda, presidente da Força Sindical Minas  
"Sempre apostei na possibilidade que o povo brasileiro tem de se libertar do PT e das roubalheiras que ocorre por todo o Brasil. Aécio é qualificado e, em Minas Gerais, foi um grande gestor. Por isso, entendemos que Aécio é qualificado para consertar o Brasil. Estamos trabalhando para o que Brasil se liberte das amarras do PT no próximo domingo".
Caroline Caldeira, funcionária pública
"Vim aqui hoje porque sou Aécio 45 e o Brasil precisa de mudança. Chega do que está aí, dessa mesmice. Assisti todos os debates, acho que ele é o que está mais bem preparado. Chega de PT, agora é Aécio".
Tuca Barulli, funcionária pública
"Eu quero que o Aécio ganhe essa eleição porque ele tem as melhores propostas e eu quero mesmo é que tire quem está roubando não admito o voto nas pessoas que vão deixar o brasil continuar nesse roubo, isso tem que terminar, esse assalto no brasil.
Jane Pereira da Costa, auxiliar de serviços gerais
"Acho que a proposta dele está muito boa. Meu pai é aposentado, ele aposentou com cinco salários mínimos e agora recebe dois. O salário dele está muito defasado. Ele era Dilma, agora é Aécio e todo mundo lá em casa é Aécio. A Dilma ficou quatro anos e não fez nada."
Rita Singulane, servidora pública
"Eu tenho um filho de três anos e não quero deixar para o meu filho esse Brasil que não valoriza o dinheiro público, que tem muita corrupção, muita sujeira, só lama. É essas mentiras são um absurdo, não atacam o político Aécio, mas a pessoa do Aécio".
Isaura Malta, funcionária pública
"Meu voto é do Aécio porque acho que ele é o melhor candidato. Minas está abandonada há 12 anos e ele vai olhar por Minas. Ele é visivelmente bem preparado, já vem no Executivo há anos, Dilma está ali porque caiu de paraquedas. Ele tem as propostas dele e os ataques são de quem não tem o que falar".
Silberto Sette, pintor e escultor.
"Sou voluntário desde o início da campanha. Conheço o Aécio há 30 anos, ele se preparou para ser presidente. Ele trabalhou muito bem em Minas Gerais e esses ataques são porque os adversários estão com medo e ficam inventando mentiras. A minha família não vota na Dilma Rousseff, que não honra Minas Gerais. Aécio Neves é o próximo presidente da República, Minas vai dar a resposta nas urnas". 
Marcelo Azevedo, advogado
"Sou brasileiro, acredito na mudança e quem pode fazer é Aécio. É o mais preparado, competente, correto e mineiro".
Maurício Dias, engenheiro
"Hoje é um dia muito importante para o futuro do Brasil, estamos decidindo o nosso destino, e o Aécio é o mais preparado para fazer o Brasil crescer novamente".